Tuesday, March 08, 2005

05 lições que aprendi com um filme e que levarei para toda a vida

Acabei de assistir ao filme THE BRONX TALE, do Robert De Niro, e me emocionei lembrando da primeira vez que havia assistido a esse filme, há alguns anos atrás (uns 07, pra ser mais exato). Aprendi algumas coisas com esse filme, e o mais impressionante foi como os ensinamentos ficaram grudados na minha mente, e ajudaram a moldar o meu caráter. Se vc não viu, deveria assistir. Se já viu, veja de novo, e preste bastante atenção na mensagem:

A história passa-se no Bronx, na década de 50/60, onde um garoto humilde faz amizade com o mafioso local, e forma seu caráter através dos ensinamentos de seu pai (DE NIRO), um homem humilde e honesto, e o mafioso SONNY, sempre cercado de dinheiro e belas mulheres. Mas esse é apenas o enredo. Algumas pessoas podem achá-lo banal. O bacana é a forma como o filme se desenrola, e as coisas que vão acontecendo te fazem pensar. Veja se não tenho razão:

1- A Importância da Família na sua vida - O garoto do filme, C., nunca ouvia de imediato o que seu pai lhe falava, os conselhos que dava. Mas em todas as ocasiões onde necessitava fazer escolhas, decidir qual o caminho a seguir, ele se lembrava qdas coisas que seu pai lhe dizia. Isso fez toda a diferença em sua vida, e o manteve distante dos maus elementos da vizinhança, por mais que tentassem persuadí-lo.
Algumas vezes, é necessário fazer coisas boas para seus inimigos, ou para pessoas ruins - C salva a vida do mafioso local quando esconde a arma que ele havia lhe dado. Isso fez com que o mafioso tivesse uma dívida de gratidão com o garoto. Além disso, com esse gesto ele pode manter sua família a salvo, apesar de toda a violência do bairro. Portanto, trazendo para a vida real: se um cara que você odeia (tipo um diretor idiota do seu trabalho, ou algo do gênero) te pede um favor, faça. Isso pode abrir caminhos para você no futuro.
Não há nada pior na vida do que Talento Desperdiçado- Um loser não é alguém estúpido de natureza. Esses são burros mesmo, nasceram idiotas e permaneceram assim. Um loser é alguém com um tremendo potencial, que quando chega ao final da vida, percebe que não fez nada de útil, que não deixará sua marca na terra. Não seja um talento desperdiçado.
O Teste do Mário - Uma das melhores partes do filme, e eu venho fazendo esse teste desde o dia em que tirei minha carteira de motorista. C apaixona-se pela primeira vez, e Sonny vai ensiná-lo a descobrir se vale ou não a pena investir em um relacionamento com uma mulher através de um simples teste: O TESTE DA PORTA, que é simples, mas é a mais pura verdade: ao sair com uma mulher pela primeira vez, abra a porta do carro para ela entrar, e, após fechar a porta do carona, dê a volta por trás do carro, e pelo vidro traseiro veja se ela abrirá a porta do motorista para que você entre. Se ela não abrir (algumas entram e vão logo abrindo o espelhinho, para checar a maquiagem)é porque é uma egoísta, preocupa-se mais consigo mesma do que com você. E, se faz isso no primeiro encontro, onde deveria ser mais cuidadosa, imagina depois de um tempo. Meu conselho é: largue-a o mais rápido possível. A não ser que tenha saído com a gata apenas por uma noite, e não tenha planos futuros com ela...
Ninguém Liga para ninguém além de si próprio - Sonny ensina a C que todos somente preocupam-se com si próprios. Que ele não deveria chorar ou ficar p.da vida se o seu jogador preferido foi mal no jogo, porque se um dia ele não tiver dinheiro para pagar o aluguel, com certeza o jogador não dará a mínima. Então, por que ligar? (Confesso que perdi muito o entusiasmo por futebol depois de constatar isso) O conselho é: preocupe-se com você, e que se foda o resto. Se vc não cuidar de si mesmo, ninguém mais vai.

Sunday, December 19, 2004

Sobre mim

Estou montando meu site pessoal (sei lá, solteiro, nada pra fazer, enfim, tô com tempo), e criei uma coluna onde me descrevo. Fiquei horas tentando achar algo bom pra escrever. Na falta, fiz essa merda aí embaixo:

Já trabalhei no exterior, já larguei curso universitário no meio por absoluta repulsa ao modelo de pensar ensinado, já discuti com professor, chefe e outros modelos de autoridade por não aturar nariz empinado (e me dei mal algumas vezes por isso...), já fiz comercial de televisão, já fui modelo, já briguei para defender meus amigos, já chifrei, já toquei campainha e saí coorendo, já fui chifrado por pequenas mulheres e grandes amigos, já broxei, já fui flagrado com uma ex-namorada pela família dela em uma situação muito embaraçosa (se é que você me entende...), já assisti de cadeira numerada o Romário ganhar a Copa do Mundo para o Brasil nos EUA, já passei uma noite inteira conversando com a mulher mais linda que eu já conheci, sem tocar sequer num fio de cabelo dela, e no final achar que foi uma das melhores noites da minha vida, já chorei muito por causa de mulher (e espero continuar chorando), já pedi demissão de emprego para tentar a sorte em outra cidade, já quis casar, já discriminei, já fui discriminado, já explodi banheiro de colégio de padre com bomba caseira (e a sala inteira ficou 1 mês sem recreio por isso), já tomei 3 recuperações no colégio no ano do vestibular, e ao invés de adotar a saída mais fácil, que seria mudar para um colégio pp (pagou, passou) e me concentrar apenas no vestibular, resolvi ficar até o fim só pra provar pra mim mesmo que eu poderia passar, já dei palestra para um grupo de executivos gringos no exterior e fui aplaudido de pé, já fiquei com mãe de amigo meu, já sai fugido de cidade do interior por dar em cima de uma gata que era namorada do chefão da cidade, já virei noites fazendo presentes para ex-namoradas, já corri pelas ruas de Nova Yorque atrás de uma namorada, já tomei 2 garrafas de rum em uma noite (sozinho), já me endividei por causa de mulher, já fui num show do AC DC e do Rolling Stones juntos, já fui rico, já fiquei sem um centavo (literalmente) no bolso, já mandei furarem pneu do carro da mulher que eu paquerava e apareci "do nada" para salvá-la trocando o pneu, já decepcionei muito quem me ama, já perdi bagagem em viagem internacional e fiquei sem roupa e sem grana numa noite de neve, já fiz striptease no palco para dezenas de mulheres na platéia, já chorei feito menino num show do Paul McCartney em pleno Maracanã, já fui porteiro de comitê eleitoral, já acordei perdido na praia, já subornei garçom em boite, já cuspi na bola do EPCOT CENTER (que idiotice), já bati o carro umas 3 vezes, já fui apelidado de foguetinho pelo padre diretor do colégio por ter soltado o peido mais alto de que se tem notícia em uma sala de aula, já namorei mulher famosa, já fiz serenata (e quase tomei uma garrafada na cabeça por isso), já fiquei com 2 estrangeiras ao mesmo tempo (thanks much, girls!), já fiz bungee jump pelado, já menti em entrevista de emprego dizendo que falava espanhol e fui desmascarado pelo chefão (que era espanhol) no momento da contratação (puta azar o cara ser espanhol...), já perdi aposta e saí correndo pelado de casa pra praia em Geribá em pleno sábado de verão com 5 amigos me gozando, já fiz bundão pra um bando de idiotas engravatados, já trabalhei em boate e promovi algumas poucas festas memoráveis (e muitas outras ridículas), já ganhei prêmios por projetos profissionais, já fiquei dirigindo (bêbado) em Montreal por 4 horas por ter esquecido o endereço do hotel onde estava hospedado, já participei de uma rave que foi assaltada por um grupo de 30 assaltantes armados até os dentes e vivi pra contar história, já viajei pro exterior de graça, já escrevi livro, já ministrei workshop, já passei a noite com amigos tocando violão e discutindo sobre o que estamos fazendo aqui, já me achei o rei da cocada preta e descobri que não passo de um zé, um grão de areia no universo, e, se DEUS permitir, quero viver ainda o suficiente pra conhecer e fazer muito mais coisas e descobrir que sou menor ainda do que eu imagino.

Acesse meu projeto de site clicando aqui. Se puder, dê sua opinião/críticas

Valeu

O CARA TOSSIU

Um dos mais escrotos, grotescos e toscas traduções do planeta. Nada mais justo para um dos mais toscos super heróis que já apareceram. Muito engraçado! Se você tem entre 23 e 29, clica que vale a pena.

www.interactiveminds.com.br/daileon.swf

Single again

Depois de um ano conturbado, mais uma novidade na minha vida: tô solteiro novamente. Acho que posso dizer que meu relacionamento com a Nanda foi uma aula de amadurecimento. Passamos por tanta coisa que nenhum casal jamais pensaria em passar, e isso foi muito bacana pra gente.

Posso falar que meu namoro com ela foi qualquer coisa, menos monótono. O importante é que terminamos numa boa, mantendo as 2 coisas que nos uniram: respeito e admiração. Espero que ela seja muito feliz!

E agora, nessa nova fase, vou adotar um estilo mais low profile, nada de galinhagem e baladas 24 horas nonstop como nas últimas épocas. Acho que estou ficando velho...


Saturday, October 30, 2004

NEW MODEL ARMY

Tô ouvindo um cd show nos últimos dias, do NEW MODEL ARMY. Os caras são sensacionais, e te fazem pensar. Mas se não curte rock, nem passe perto.

Saturday, October 23, 2004

Nada na vida é por acaso

Agora tenho absoluta certeza que nada na vida acontece por acaso.

Fui intimado pelo meu chefe a representar a empresa em mais um daqueles eventos de premiação super chatos, burocráticos, cheios de velho engravatado se vangloriando de seu sucesso profissional, cantando as recepcionistas, e enchendo a cara (sempre achei que esses eventos são uma forma de um bando de fracassados em suas vidas pessoais e em seus relacionamentos poderem se encontrar e, de alguma forma, receberem um afago em seus egos, e assim conseguirem continuar vivendo. keep walking).

Anyway, meu chefe tava de saco cheio e me mandou representá-lo nesse evento. Mesmo contrariado, como não tinha escolha, fui lá. Nas primeiras 2 horas, nenhuma surpresa. Após um momento de bajulações e falsidades sem tamanho, acabei assistindo a uma palestra do Mário Castelar, convidado especialmente pelos organizadores do evento para mostrar como funciona mkt na indústria de bens de consumo.

Ele foi apresentar o posicionamento da marca NESTLE (da qual atualmente é diretor) e das marcas de produtos. Foram 2 horas de aula de pós graduação em mkt (e, de quebra, 2 horas de aula sobre como uma apresentação deve ser feita). Enfim, saindo do evento, cheguei em casa e, empolgado pelo que havia visto, resolvi mandar um mail para o Mário, agradecê-lo e parabenizá-lo pela apresentação (detalhe que consegui o e-mail dele surfando na internet, afinal, apesar de já ter lido alguns artigos escritos por ele, não o conhecia até então)

Para minha surpresa, ontem recebi a resposta do e-mail. O cara se mostrou, além de um excelente profissional, uma pessoa muito humilde e aberta (arrisco a dizer que me ensinou mais em 2 e-mails que meu diretor em 3 anos de Votorantim). O resultado disso é que na próxima semana irei conhecer pessoalmente o big boss da Nestlé. Pode ser que aqui comece uma nova fase em minha carreira profissional (não vou lá pedir emprego, mas sem dúvida janelas serão abertas...)

E pensar que isso começo somente porque meu chefe não queria sair de casa e me mandou em seu lugar...

Tuesday, October 19, 2004

QUALQUER SEMELHANÇA NÃO É MERA COINCIDÊNCIA

Dê uma olhada nessa sequência de acontecimentos do meu dia de hoje:

1- 08h - Chego na empresa e preciso passar um crachá na portaria para ter acesso aos elevadores
2- 08:01h - O Crachá, por algum motivo, não é aceito. Automaticamente a catraca começa a apitar, e um segurança parecido com o Mike Tyson (já com a orelha do Hollyfield na boca), com uma cara de quem foi educado nas melhores estrebarias da Suíça, chega para me “auxiliar”. Explico que trabalho na empresa há 3 anos, mostro meu cartão de visitas, e peço-lhe que abra uma exceção e libere meu acesso, pois preciso enviar o quanto antes um arquivo via e-mail para o seu Cleuton, um cliente tradicional da empresa. Tudo em vão. O cara me pede que eu o acompanhe até a recepção
3- 08:10h – Chegando na recepção, descobrimos que meu crachá ficou travado porque eu havia saído após o horário normal no dia anterior, e o sistema de segurança não estava preparado para isso (o sistema só funciona no horário comercial...). Resolvido o problema, consigo entrar no hall e me dirijo aos elevadores.
4- 08:15h – Enquanto aguardo um dos elevadores, aproveito as 10 câmeras de segurança que estão no hall me observando para dar um tchau para meus amigos, que trabalham na administração do prédio.
5- 08:20h – Chego no 7º andar. Fim dos problemas? Nada disso. Preciso agora passar um segundo crachá, para que a porta seja destravada. Novamente, aproveito as cameras de segurança e dou um tchau para minha amiga da administração
6- 08:22h – após 22 minutos chego à minha mesa e ligo meu computador. Finalmente poderei acessar a apresentação e enviá-la para o seu Cleuton! Ledo engano.O micro me pede que altere minha senha de acesso, pois já faz 3 dias que estou com a mesma senha, e isso compromete a segurança da rede da empresa.
7- 08:30h – Após 5 tentativas de mudar a senha (não posso colocar nenhuma das últimas 12 senhas, pois isso também compromete a segurança da rede. Para resolver o problema, minha senha agora é senha13. A próxima será a senha14, e assim por diante. Nenhum hacker, por mais ousado que seja, vai imaginar essa estupidez na hora de tentar invadir meu micro)
8- 08:40h – Sucesso total, 40 minutos depois da minha chegada na empresa. Consigo entrar no mail e enviar o arquivo para o seu Cleuton
9- 09h – Telefone toca. É o seu Cleuton, avisando que o arquivo chegou, mas que precisa tirar algumas dúvidas. Me pede para que eu acesse o site de sua empresa, para compararmos algumas informações. Clico no link da internet, e, OOPPPS! Acesso Negado! Aparece uma mensagem dizendo que o “Acesso à Internet em sites não cadastrados previamente, somente poderá ser feito com autorização do Diretor (isso mesmo, do Diretor!!) da área” (Fico imaginando a cara do meu diretor, no meio de uma reunião para definição da expansão do mix de produtos da empresa, quando eu o interrompo e peço-lhe para assinar a autorização liberando meu acesso para a página http://www.lojadocleuton.com.br/)


... eu poderia continuar esse relato com exemplos de todo o dia, mas acho que já deu para entender o recado.


Agora, leia atentamente a definição da palavra PRISÃO, contida no Dicionário. Isso mesmo, prisão, cadeia, cárcere:

PRISÃO
Datação1130 cf. JM3Acepções■ substantivo feminino
1. atividade, emprego ou trabalho estafante ou enfadonho que o indivíduo não pode abandonar, por motivos econômicos ou outros
2. recinto fechado; cela, gaiola, clausura
3. Local onde o indivíduo permanece por tempo indeterminado, realizando ações pré definidas e sendo monitorado por terceiros.



Notou alguma semelhança entre a minha situação e a definição de prisão, além do fato de que na minha situação, tenho que compartilhar 27,5% de tudo o que ganho com o governo? Começo a entender o porque de tanta gente jogar tudo para o alto – mestrados em HARVARD OSBORNE, cargos, carro da empresa, stock options e tudo o mais – para montar um negócio modesto, ao lado de casa, e viver muitas vezes com dinheiro contado até o final do mês, é verdade – mas com uma enorme sensação de liberdade.

Monday, October 18, 2004

REGISTRANDO NOSSA INSIGNIFICÂNCIA

Hoje percebi que esse negócio de BLOG é um perigo. Por que?
Porque aqui tomamos consciência da nossa insignificância.

Deixe-me explicar: Sabe aqueles dias em que você está em casa, totalmente couch potato, "lendo o jornal que é de ontem pois tanto faz"?

Então, hoje, como muitos outros, é um desses dias na minha vida. Até aí, tudo certo. Ficaria assim, nesse estado letárgico, até a hora em que o CID MOREIRA dissesse na TV "HOJE É DOMIIIIIINGOOO, VOCÊ ESTÁ ASSISTINDO AO FANTAAAAASTICO, A SUUA REVISTA ELETRÔNICA..." e eu me desse conta que o dia acabou, e iria dormir (ou dar um tiro na cabeça, por causa do CID MOREIRA, mas isso é outra história...) para começar tudo de novo na segunda-feira. Porém, de repente resolvi acessar a web, e entrar no blog para registrar os acontecimentos do dia, sei lá, algo marcante que tenha acontecido, por menor que seja, como cortar o dedo no alumínio da lata de NESCAU, ou ter esbarrado com aquela atriz gostosa no banco 24 horas.... Nesse momento, me dou conta que nada além de uma grande lacuna surge na minha cabeça. Por mais que me esforce, somente um imenso PONTO DE INTERROGAÇÃO aparece na minha mente, nada mais. E ter consciência que você perdeu tempo, às vezes, é doloroso.

Isso tudo passaria batido, se não tivesse um lugar onde pudéssemos registrá-lo, e que nos forçasse a refletir. Diante de uma constatação dessas, poderiaescolher entre 2 opções: encerrar minha breve participação como escritor no mundo virtual, ou fazer algo a respeito. E como bom taurino, tomei a mais complicada e teimosa delas.

A partir de agora, só ficarei tranquilo quando ao chegar no final do dia, tenha acontecido alguma coisa interessante, algo que acrecente um saldo positivo na conta corrente da minha vida. Nem que seja uma nova forma de abrir a lata de alumínio do NESCAU, sem cortar o dedo.



Friday, October 15, 2004

INSPIRADOR

A noite hoje vai longe. Mas não porque tem balada pesada, ou algo do gênero. Isso porque hoje é quinta-feira, são 00:30h, e só agora consegui iniciar meus estudos sobre PERSUASIVE COMMUNICATION. Terei que apresentar amanhã cedo um trabalho sobre esse assunto, e como a presentation vale um diploma com reconhecimento internacional (o que quer que isso queira dizer) , conforme alardeado pelo RH da empresa, é melhor estar pronto para a saraivada de perguntas.

Em um momento de pausa, acessei meu mail e reparei em uma mensagem, entre 34 spams recebidos na última meia hora, um mail que meu amigo mineiro Marcelão me enviou, com uma apresentação muito bacana, inspiradora até. Assisti 2 vezes para recarregar as baterias e tentar conseguir estudar até mais tarde...

Acesse e veja se não tenho razão:
http://www.kelen.art.br/video.htm

lol
Posted by Me